Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Técnicos do SISP serão capacitados sobre novo protocolo de internet

Notícias

Técnicos do SISP serão capacitados sobre novo protocolo de internet

Curso faz parte de acordo de cooperação assinado em julho pelo ministério

publicado: 26/11/2012 12h49 última modificação: 20/04/2016 10h52

Brasília, 26/11/2012 – Capacitar técnicos do Sistema de Administração de Recursos de Tecnologia da Informação (SISP) em relação à sexta versão do protocolo de internet (IPV6). Este é objetivo do treinamento que o Ministério do Planejamento (MP) fará, entre os dias 26 e 30 de novembro, na Escola Nacional de Administração Pública (ENAP). O curso é uma parceria do MP com o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br).

Uma das funcionalidades do protocolo de internet é identificar, por meio de números, os usuários da rede mundial de computadores. Hoje, a internet usa a versão 4, mas devido ao vertiginoso crescimento desta, ao ponto de quase esgotar os endereços de reconhecimento dos computadores de usuários, se faz necessária esta atualização.

Para o secretário de logística e tecnologia da informação, Delfino Natal de Souza, a versão 6 amplia significativamente a capacidade de endereços para atender a população mundial. “Com este aumento, podemos atender a nova realidade da rede mundial de computadores, onde é possível usar a internet nos mais diversos tipos de equipamentos, como televisores, geladeiras e outras aplicações residenciais”, exemplifica.

O treinamento contará com a presença de 32 representantes de diversos órgãos do SISP e abordará aspectos técnicos do protocolo Ipv6. A capacitação incluirá também exercícios práticos em laboratório virtual do Nic.br, que ministrará o curso. O intuito é contribuir para que a teoria aprendida seja tratada do ponto de vista de configuração de equipamentos de rede.

Para Souza, a capacitação é necessária para os órgãos integrantes do SISP utilizarem o IPV6. “Para modernizar a internet brasileira, precisamos migrar os sítios governamentais para este protocolo”, complementa.

Esta ação faz parte do acordo de cooperação técnica assinado em julho pela Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI) com o NIC.br para melhorar a qualidade dos serviços de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) do governo federal. Pela parceria firmada, a secretaria compartilhou aproximadamente 32,5 km de sua infraestrutura de fibras ópticas, da chamada Infovia Brasília, e o NIC.br implantou um ponto de troca de tráfego (PTT) em IPV6 na capital federal.

Este é o primeiro PTT em protocolo de internet IPV6 fora de São Paulo e possibilitou a criação dos pontos de interconexão (PIX) do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) e da Telecomunicações Brasileiras S. A. (Telebras). Com isso, a SLTI pretende otimizar o tráfego da rede brasileira neste novo formato de endereçamento.

Fonte: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão