Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Software Público e Dados Abertos Brasileiros na CeBit 2012

Notícias

Software Público e Dados Abertos Brasileiros na CeBit 2012

publicado: 07/03/2012 11h42 última modificação: 20/04/2016 10h05

Para divulgar o sistema informatizado de compras governamentais e a experiência brasileira na utilização de softwares livres, o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) participa, entre 06 e 10.03, do Center for Office Automation, Information Technology and Telecommunication (CeBIT), em Hannover, na Alemanha. A CeBit é, reconhecidamente, a maior feira de inovação tecnológica de toda a Europa. O evento é realizado desde 1986 e, neste ano, o Brasil foi considerado o país parceiro do congresso internacional, por sua força no mercado de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

 

Delfino Natal de Souza, o Secretário de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, é o porta-voz das ações governamentais voltadas ao software público e à iniciativa de dados abertos do Brasil. “A presença do Ministério do Planejamento tem o fim específico de mostrar o estágio de maturidade da aplicação de TIC na gestão pública”, explica.

Logo na abertura oficial do evento a presidenta Dilma Roussef, fez a primeira referência ao software público brasileiro: “Estamos estimulando agora a adoção dos recursos interativos na TV aberta por meio de uma tecnologia desenvolvida no Brasil”, disse Dilma, referindo-se ao middleware Ginga, disponibilizado no portal do SPB.

Muitas empresas e institutos que participam ativamente do desenvolvimento de softwares públicos no Brasil estão presentes no evento, com destaque para o CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), com quem os participantes do evento poderão conhecer mais sobre as pesquisas no desenvolvimento de aplicações para a TV digital e o CTI (Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer), principal responsável pelo grupo de interesse 5CQualiBR que desenvolve o “Modelo de Referência para o Software Público Brasileiro”, uma proposta para a melhoria contínua das soluções disponibilizadas no portal do SPB. A comunidade do framework Jaguar está representada pela empresa IBROWSE que, além de clientes, busca parceiros internacionais para o desenvolvimento de seu ambiente, disponibilizado na forma de software público.

Para buscar as empresas brasileiras que estão na CeBit, visite o sítio www.cebit.de/search. A equipe do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão pode ser encontrada no Hall 7, Estande C61.

A CeBIT reunirá mais de 4.200 empresas de cerca de 70 países. Durante o congresso serão realizadas exibições dos principais fornecedores do setor de TIC, conferências com especialistas e discussões de temas centrais do que há de mais importante no mercado. Para Souza, o fato do Brasil ter sido escolhido como país parceiro da CeBIT demonstra a relevância e o grau de maturidade da indústria brasileira no setor.

Fonte: Portal do Software Público