Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Software público brasileiro terá programa para administração de veículos

Notícias

Software público brasileiro terá programa para administração de veículos

publicado: 03/11/2010 12h52 última modificação: 20/04/2016 09h29

O portal do Software Público Brasileiro, administrado pela Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento (SLTI/MP), passa a contar, a partir deste mês, com o Sistema de Gestão de Frota (SGV). O termo de disponibilização do programa, que foi desenvolvido pela Prefeitura de Fortaleza, será assinado na próxima sexta-feira, na abertura do 4º Encontro Nordestino de Software Livre (ENSL), em Natal.

A função do novo aplicativo é oferecer a empresas e órgãos governamentais mais agilidade e segurança na administração patrimonial de veículos, facilitando o gerenciamento de recursos deste setor. A equipe de técnicos que criou o programa vai apresentar em uma palestra as características e funcionalidade da nova ferramenta. 

Um software livre pode ser usado, copiado, estudado, modificado e redistribuído sem restrição. Essas características ganham força com este evento, que tem como objetivo promover o uso desse tipo de programa como alternativa de liberdade de expressão, econômica e tecnológica.

Na mesma direção está a SLTI, que debaterá em um dos painéis a utilização e políticas dos programas disponibilizados no Software Público Brasileiro. “Com o portal, a Administração Federal tornou-se protagonista no compartilhamento de soluções e na liderança das comunidades que colaboram com o desenvolvimento de serviços nesta área”, diz um dos diretores da secretaria, João Batista Ferri de Oliveira.

Sucesso 
A organização do ENSL já confirmou a presença de especialistas e profissionais em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) de todo o país. Eles vão exibir casos de sucesso e negócios com o uso de software não-proprietário e abordar temas como educação e inclusão digital, segurança de redes e democratização do conhecimento tecnológico. O encontro é promovido pelo Projeto Software Livre do Rio Grande do Norte (PSLRN), em parceria com o Sebrae.