Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Servidores participam de capacitação sobre sustentabilidade

Notícias

Servidores participam de capacitação sobre sustentabilidade

Objetivo foi orientar órgãos para a elaboração de Planos de Logística Sustentável

publicado: 17/06/2015 01h00 última modificação: 17/05/2016 15h30

Servidores e representantes de cerca de 60 órgãos públicos participaram nesta quarta-feira (17) de capacitação para elaboração do Plano de Logística Sustentável (PLS). O evento ocorreu no auditório do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP). Os planos são ferramentas de gerenciamento que permitem aos órgãos ou entidades a implementação de práticas de sustentabilidade e racionalização de gastos e processos na Administração Pública Federal (APF).

De acordo com Jhessica Cardoso, representante do MP no evento, os órgãos devem seguir a Instrução Normativa nº 10, da Secretária de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI), para fundamentar a criação do plano. Devem ainda, consultar os materiais disponíveis no portal de Contratações Públicas Sustentáveis e utilizar de exemplos das metodologias de órgãos que já elaboraram o documento.

Os planos também devem incluir boas práticas no uso de materiais e serviços. Estas ações devem compreender, por exemplo, temas como qualidade de vida no trabalho, água e esgoto, energia elétrica, coleta seletiva, compras e contratações sustentáveis.

Manuel de Ribamar, servidor da IPEA, afirma que o PLS já está em prática na instituição. No entanto, assegura que ainda há uma resistência de mudança de hábitos. Para Ribamar, o plano de comunicação dentro do órgão, tem papel crucial na orientação dos servidores. “Em toda organização, a mudança de hábito é muito demorada. Acredito que a comunicação do órgão possa contribuir, no sentido de conscientizar e informar a importância de ter o plano implementado”, afirma.

A elaboração e implementação dos PLS está prevista no art. 16 do Decreto n 7.746, de 5 de junho de 2012, que regulamentou o art. 3º da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993.

Fonte: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.