Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Seminário discute abertura de dados governamentais

Notícias

Seminário discute abertura de dados governamentais

Servidores conhecerão instrumentos capazes de organizar e traçar metas de divulgação de dados governamentais em formato aberto

publicado: 16/09/2014 01h00 última modificação: 24/06/2016 09h00

Mais de 200 servidores públicos ligados às áreas estratégicas de gestão do governo federal estão reunidos em um seminário na sede da Escola de Administração Pública (Enap), em Brasília, para discutir a elaboração dos Planos de Dados Abertos. Os participantes conhecerão um pouco mais sobre os instrumentos capazes de organizar e traçar metas de divulgação de dados governamentais em formato aberto, além de receberem instruções sobre a publicação desses dados.

Além de ser um dos compromissos assumidos pelo Brasil na Parceria para o Governo Aberto (OGP), a Política de Dados Abertos é considerada instrumento de modernização da gestão e de promoção da transparência e participação social. "Essa é uma iniciativa que pode, de fato, mudar a vida das pessoas. Nossa intenção é que os gestores aqui reunidos saiam desse encontro com a intenção e a vontade de abrir seus dados", destacou Loreni Foresti, secretária de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento (MP).

Foresti lembrou a publicação de dados do Sistema de Transferências Voluntárias da União, o Siconv, do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e de outras iniciativas do MP. "Já existem muitos dados à disposição, mas pretendemos disponibilizar outros como, por exemplo, dados das compras governamentais", informou.

Também presente à abertura do seminário, o secretário de Transparência e Prevenção da Corrupção da Controladoria Geral da União, Sérgio Seabra, destacou o empoderamento do cidadão como estratégia para prevenção à corrupção. "Com a publicação dos dados, cada cidadão se torna uma fonte de observação capaz de acompanhar, fiscalizar, denunciar e propor melhorias às iniciativas governamentais", afirmou.

Passo a passo

Para auxiliar o trabalho dos servidores públicos na elaboração dos planos de dados abertos (PDAs), a Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI) disponibilizou o Kit de Dados Abertos. Elaborado por técnicos da secretaria, o kit é um conjunto de documentos que descreve o processo, métodos e técnicas para a implementação da política em um órgão. Em caso de dúvidas sobre o uso da ferramenta, entre em contato com a SLTI por meio do seguinte endereço eletrônico: contato@dados.gov.br

Fonte: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.