Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Projeto Brasil 4D - Informações sobre ofertas de emprego, cursos, programas sociais e até o extrato do FGTS na tela da TV

Notícias

Projeto Brasil 4D - Informações sobre ofertas de emprego, cursos, programas sociais e até o extrato do FGTS na tela da TV

publicado: 19/12/2014 03h00 última modificação: 24/06/2016 08h56

Confira parte da transcrição do áudio do programa de ontem de A Voz do Brasil - 18/12/2014 sobre o projeto Brasil 4D:

Kátia: Informações sobre ofertas de emprego, cursos, programas sociais e até o extrato do FGTS na tela da TV.

Luciano: Algumas famílias aqui do Distrito Federal já estão acessando o Brasil 4D, um projeto inovador criado pela Empresa Brasil de Comunicação, a EBC.

Repórter Leandro Alarcon: Desde que a TV digital foi instalada, a vida da dona de casa Gildete Oliveira melhorou. Antes, imagem era péssima, agora...

Dona de Casa - Gildete Oliveira: Bonita, né? A gente fica feliz, você poder assistir tudo limpinho, ouvir tudo direitinho. É bom!

Repórter Leandro Alarcon: Mas não é só isso. Gildete faz parte de um projeto desenvolvido pela Empresa Brasil de Comunicação que tem por objetivo aumentar o acesso à informação e serviços públicos por meio da TV digital. É o projeto Brasil 4D. Por meio dele, ela acessa, por exemplo, informações sobre assistência social, direitos ligados à mulher, cursos e ofertas de emprego, tudo pelo controle remoto da TV.

Dona de Casa - Gildete Oliveira: Você economiza principalmente o dinheiro para ir procurar um emprego, você economiza o tempo, e tem alguma coisa que pode te interessar. Aí você já vai na coisa certa que você está precisando, que é o emprego, que é uma consulta, a Carreta da Mulher.

Repórter Leandro Alarcon: O projeto do Brasil 4D começou em 2012, em João Pessoa, na Paraíba. Este ano, chegou à casa de Gildete, em Samambaia, cidade no entorno de Brasília. As antenas do Brasil 4D estão ainda em outras 50 casas do bairro. Todos os escolhidos são beneficiários do Bolsa Família. Para fazer com que os moradores das comunidades tenham facilidade em se adaptar à nova tecnologia, os chamados agentes de cidadania vão de casa em casa ensinar como usar o aparelho. Segundo a agente Valquíria Pereira, eles também incentivam quem já fez parte do projeto a convidar os vizinhos a acessaram as informações do Brasil 4D em suas casas.

Agente de cidadania - Valquíria Pereira: Uma pessoa avisa outras pessoas de outras cidades, de outras comunidades, não só a própria comunidade, e aí é um serviço que está sendo de formiguinha em formiguinha.

Repórter Leandro Alarcon: É o que faz o encartador de jornal Márcio Lopes. Ele participa do projeto há cerca de sete meses. Sempre que assiste na tela da TV uma oportunidade interessante, comenta com quem mora por perto.

Encartador de jornal - Márcio Lopes: Os vizinhos, eu sei onde está a Carreta da Mulher, a minha esposa avisa as vizinhas. Quando estava aqui na Samambaia, a gente avisou. Então, é muito importante.

Repórter Leandro Alarcon: Hoje, a televisão aberta analógica está presente em 98% das casas das grandes cidades do país, a internet, em menos da metade, 43%. Segundo o coordenador do projeto Brasil 4D, André Barbosa Filho, a ideia do programa é usar a tecnologia para levar mais informações às pessoas, respeitando as peculiaridades de cada região.

Coordenador do Projeto Brasil 4D - André Barbosa Filho: Estamos pensando em outros projetos ligados às cidades do estado de São Paulo, Minas Gerais, já temos o Rio Grande do Sul também pensando em fazer algumas prefeituras.

Repórter Leandro Alarcon: O projeto Brasil 4D já foi premiado pela Sociedade de Engenharia de Televisão e também pelo Fundo Regional para a Inovação Digital na América Latina e no Caribe, pela criação e desenvolvimento de capacidades e conteúdos para o desenvolvimento humano sustentável. Reportagem: Leandro Alarcon.

Quer saber mais sobre o projeto? Acesse o Portal EBC e assista ao vídeo.

Fonte: Portal da Empresa Brasil de Comunicação S/A - EBC.