Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Pré-Conferência reforça Papel do Governo Eletrônico

Notícias

Pré-Conferência reforça Papel do Governo Eletrônico

publicado: 19/10/2011 11h28 última modificação: 30/08/2016 17h01

As últimas décadas testemunharam grandes mudanças nas estruturas sociais, políticas e econômicas do mundo. O advento da Internet revolucionou o acesso à informação, e como fruto deste processo de mudança, infere-se novos desafios e paradigmas para o Estado.

O conceito de Governo Eletrônico tem como centralidade o uso da Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) em todas as áreas, onde seja possível reconstruir a estrutura de governo, redesenhar processos, informatizar e automatizar atividades operacionais e prover serviços melhores para a sociedade, ou seja, Governo Eletrônico é um governo que aplica a TIC para transformar suas relações internas e externas e para otimizar a execução de suas funções.

Neste contexto, torna-se fundamental a construção de um Governo Eletrônico integrado e orientado à atender as demandas da sociedade. Para tanto, é importante buscar subsídios para que a organização, os objetivos e as ações de Governo Eletrônico sejam efetivamente direcionadas a melhoria na prestação de serviços e incentivo a maior integração e interação dos governos com os cidadãos.

A realização da pré-conferência nacional de Governo Eletrônico, que ocorrerá no dia 25 de outubro de 2011 em Brasília, tem como objetivo principal articular e planejar a conferência nacional de Governo Eletrônico, que ocorrerá em 2012.

Sendo assim, a pré-conferência está organizada para instigar os participantes a uma reflexão sobre o que deverá ser discutido na conferência, buscando abordagens, assuntos, temas, atividades e outras ações que permeiam o conceito de Governo Eletrônico. Entretanto, o que se espera não são apenas discussões e apresentações, mas subsídios para a organização e melhoria do programa brasileiro de Governo Eletrônico.

A dinâmica organizada para a pré-conferência pretende, em primeiro lugar, compartilhar conhecimento, ou seja, uma visão de conjuntura e de pesquisas na área de Governo Eletrônico. Mas, fundamentalmente, a valorização da participação dos presentes nas atividades em grupos e na plenária. Com isso, inicia-se o movimento de construção da conferência para 2012.

O público estimado para a pré-conferência é de 350 participantes. A expectativa é que, além de contribuir com o programa e com a conferência, as pessoas ampliem seu escopo de conhecimento da área e possam levar estas discussões a seus ambientes de trabalho. O intuito é de melhorar a qualidade das relações do governo com a sociedade, o que é o ponto central dos programas de Governo Eletrônico.

Fonte: Portal do Software Público Brasileiro.