Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Portal Brasil reúne cerca de 500 serviços de governo eletrônico

Notícias

Portal Brasil reúne cerca de 500 serviços de governo eletrônico

publicado: 03/03/2010 19h04 última modificação: 26/07/2016 16h19

O Portal Brasil (www.brasil.gov.br) significa um grande avanço na comunicação do país, na interlocução do Estado junto à sociedade e na integração das atividades governamentais. A avaliação é do ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, que participou do lançamento da nova ferramenta na manhã desta quarta-feira (03.03), em Brasília.

Desenvolvido em software livre, o Portal Brasil foi lançado pelo presidente Lula, no Centro Cultural do Banco do Brasil, e a solenidade também contou com a presença da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, e do ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Franklin Martins. Foto do lançamento do Portal Brasil em 2010

Paulo Bernardo destacou na ocasião que o Portal Brasil reúne cerca de 500 serviços públicos de mais de 100 órgãos federais em um único local e que o ambiente é acessível a pessoas com deficiência auditiva e visual. “Essa iniciativa radicaliza a experiência de governo eletrônico no Brasil”, salientou.

Segundo o ministro, iniciativas que estão conferindo mais eficiência ao Estado Brasileiro ganharão ainda mais visibilidade a partir de hoje com o lançamento do Portal Brasil. É o caso do Portal de Convênios (www.convenios.gov.br), o Portal do Software Público (www.softwarepublico.gov.br) e o Portal de Compras Eletrônicas -  Comprasnet - (www.comprasnet.gov.br) que estão entre os serviços de governo eletrônico reunidos no local.

Ele ressaltou que em 2009 os órgãos públicos federais contrataram cerca de R$ 20 milhões por meio de pregão eletrônico e que o Estado obteve uma economia de mais de R$ 5 bilhões (21%) entre o preço máximo admitido e o que foi efetivamente aceito pelo governo. Frisou, ainda, o aumento da participação das micro e pequenas empresas nesse mercado propiciado pelo pregão eletrônico e pela Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas.


Foto do lançamento do Portal Brasil em 2010Outra importante iniciativa na opinião de Paulo Bernardo é o sistema que realizou mais de R$ 13 bilhões em convênios e contratos de repasse em 2009 e cujas informações sobre a aplicação dos recursos estão acessíveis à sociedade pela internet por meio do portal www.convenios.gov.br. O ministro também considera relevante o papel desempenhado pelo Portal do Software Público ao disponibilizar soluções e ferramentas livres para estados, municípios e demais interessados.


Portal Brasil
O portal Brasil foi projetado para ser a mais completa plataforma de presença digital do Estado Brasileiro e visa ampliar os canais de interação com os usuários. Também traz recursos para a customização dos conteúdos e informações.

O caráter multimídia dos conteúdos, composto por textos, vídeos, fotos, áudios e infográficos visa trazer atratividade e facilidade de navegação, utilizando os recursos mais avançados de tecnologia e linguagem oferecidos pela internet.

O Portal Brasil possui um site voltado ao cidadão brasileiro e outro site voltado ao público no exterior. O primeiro traz conteúdos institucionais sobre o Brasil com o objetivo de gerar pertencimento e aumentar a auto-estima do cidadão, a partir do conhecimento das potencialidades do País.Foto do lançamento do Portal Brasil em 2010


Também traz notícias e serviços para fortalecer a comunicação pública e aprimorar os canais de relacionamento com o Estado. Como canal interativo, visa contribuir para democratizar o acesso à informação, ampliar a cidadania e conferir maior transparência à gestão pública.

Nas línguas inglês e espanhol, o site voltado para estrangeiros (www.brazil.gov.br) tem o objetivo de promover o Brasil, reduzir a lacuna existente entre a imagem do país perante os estrangeiros e o Brasil real, moderno, inovador, rico em oportunidades.

Conteúdos em outras línguas serão desenvolvidos parcialmente, de acordo com o interesse dos públicos e do Estado Brasileiro. As informações são baseadas nos perfis com foco na relação de negócios e injeção de investimentos no país.