Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Planejamento recebe prêmio internacional de inovação em compras sustentáveis

Notícias

Planejamento recebe prêmio internacional de inovação em compras sustentáveis

publicado: 12/09/2012 12h15 última modificação: 20/04/2016 10h27

Brasília, 12/9/2012 - O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), por intermédio da Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI), foi vencedor do Prêmio Inovação em Compras Governamentais. O resultado foi anunciado hoje (12) durante a VIII Conferência Anual sobre Compras Governamentais, no Panamá.

Para o secretário de logística e tecnologia da informação, Delfino Natal de Souza, “o prêmio é um reconhecimento de uma iniciativa que consolida esta prática e servirá como incentivo”. De acordo com Souza, essa ação se fortaleceu com a edição do decreto nº 7.746, que alicerça e amplia o Programa de Contratações Públicas Sustentáveis.

A ação brasileira que foi representada pelo diretor substituto do Departamento de Logística e Serviços Gerais (DLSG/SLTI), Alexandre Quaresma, concorreu com experiências do Chile, Costa Rica e México.

Compras Sustentáveis

Nos seis primeiros meses de 2012, as contratações tiveram um crescimento de 219%, quando comparadas ao mesmo período do ano passado. Neste ano, estas compras movimentaram R$ 18,3 milhões contra os R$ 5,73 milhões de 2011.

O catálogo de materiais do Portal de Compras do Governo Federal (Comprasnet) conta com mais de 700 itens classificados como ecologicamente corretos. A iniciativa busca valorizar a compra de produtos que utilizam, critérios ambientais, econômicos e sociais, em todas as etapas do ciclo de vida desses bens.

A conferência

A conferência é organizada pela Rede Interamericana de Compras Governamentais ("Red Interamericana de Compras Gubernamentales"), que é formada por 32 países e foi criada em 2004, da qual o Brasil faz parte desde 2008. Composta pelos órgãos responsáveis pela regulação, modernização e gestão da contratação pública de cada nação, o evento é o foro técnico mais relevante da troca de experiências e tecnologias entre os países membros.

Fonte: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.