Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Planejamento prorroga consulta pública sobre ePING

Notícias

Planejamento prorroga consulta pública sobre ePING

Contribuições para os novos padrões podem ser feitas até 12 de dezembro

publicado: 26/11/2014 03h00 última modificação: 24/06/2016 08h59

Os interessados em participar da consulta pública sobre a versão 2015 dos Padrões de Interoperabilidade de Governo Eletrônico (ePING) ganharam mais prazo para enviar as suas sugestões. O Ministério do Planejamento (MP) prorrogou até 12 de dezembro o período para a emissão de opiniões sobre o novo documento.

A arquitetura ePING define um conjunto mínimo de premissas, políticas e especificações técnicas que regulamentam a utilização da Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC) no governo federal. A consulta está disponível no Portal de Governo Eletrônico, que é gerenciado pela Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento (MP).

O documento da ePING foi criado em 2004 é o alicerce para o fornecimento de melhores serviços à sociedade a custos mais baixos, pois permite o compartilhamento, reuso e intercâmbio de recursos tecnológicos. Desde a sua criação, mais de 70 órgãos públicos federais, estaduais e municipais participaram da construção das versões. Atualmente, ele é composto por mais de 180 padrões.

A Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI) disponibilizou na mesma consulta pública outros documentos:

  • Padrão de Formação de Endereços de Correio Eletrônico de Caixas Postais Individuais
  • Critérios de Auditoria de Segurança - Decreto 8.135/2013
  • Modelo de Governança de Auditoria - Decreto 8.135/2013

Orientações para o processo de participação na consulta:
Acesse o link: http://www.governoeletronico.gov.br/cadastro e faça o seu cadastro;
Marque a opção "Deseja participar do consultas públicas?" e preencha os campos solicitados;
Clique no botão "Registrar";
Clique em "Acessar" localizado abaixo da mensagem de confirmação do seu cadastro;
Após o login, já pode fazer a sua contribuição nas Consultas em Andamento"

Notícia relacionada

Fonte: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão