Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Planejamento divulga versão 2015 da ePING

Notícias

Planejamento divulga versão 2015 da ePING

Padrões criam condições de interação entre os sistemas da administração pública federal

publicado: 26/12/2014 03h00 última modificação: 24/06/2016 08h56

A versão 2015 dos Padrões de Interoperabilidade de Governo Eletrônico (ePING) foi divulgada nesta sexta-feira (26). Para refletir a nova forma de trabalho da Comissão de Coordenação da ePING, o Ministério do Planejamento também publicou a Portaria nº 92, no Diário Oficial da União (DOU).

Desde a sua criação, mais de 70 órgãos públicos federais, estaduais e municipais participaram da construção das versões. Atualmente, ela é composta por mais de 180 padrões. Entre os órgãos participantes da comissão estão a Controladoria-Geral da União (CGU); Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI); Ministério das Comunicações (MiniCom); Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI); Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro); Empresa de Processamento de Dados da Previdência Social (Dataprev); Banco do Brasil (BB); e Caixa Econômica Federal (CEF).

A arquitetura ePING define um conjunto mínimo de premissas, políticas e especificações técnicas que regulamentam a utilização da Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC) no governo federal. Os padrões são o alicerce para o fornecimento de melhores serviços à sociedade a custos mais baixos, pois permitem o compartilhamento, reuso e intercâmbio de recursos tecnológicos.

As principais alterações da ePING versão 2015 foram:

  • Adoção do IPv6 para intercomunicação de redes de computadores;
  • Definição do padrão a ser adotado na formação e criação de endereços de correio eletrônico nos órgãos federais;
  • Promoção do HTML 5 como formato de intercâmbio de hipertexto;
  • Adoção do padrão XBRL para intercâmbio de informações financeiras;
  • Recomendação da nova versão 1.2 do ODF para arquivos do tipo documento;
  • Recomendação dos formatos FLAC para arquivos de áudio e ePUB publicações eletrônicas.

Acesse a nova portaria da arquitetura ePING.