Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Planejamento debate Tecnologia da Informação e Comunicação na prestação de serviços públicos

Notícias

Planejamento debate Tecnologia da Informação e Comunicação na prestação de serviços públicos

Ambiente seguro é fundamental para transformação digital do governo

publicado: 12/06/2017 09h51 última modificação: 12/06/2017 09h52
Foto do Seminário Confiança no Ambiente Digital, que contou com a participação do secretário-adjunto da SETIC, Eduardo Soares.

Foto do Seminário Confiança no Ambiente Digital, que contou com a participação do secretário-adjunto da SETIC, Eduardo Soares.

Desenvolver um espaço virtual seguro para o fornecimento de serviços públicos digitais. Este foi o foco da participação do secretário-adjunto de Tecnologia da Informação e Comunicação, Eduardo Gomes, no seminário “Confiança no Ambiente Digital: os Desafios da Segurança na Estratégia Digital Brasileira”, realizado nesta quinta-feira (8), em Brasília. O secretário-adjunto representou o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP) no evento.

“Existe urgência pela transformação digital no Brasil, tanto para o governo quanto para a sociedade, e isto traz necessidade de trabalharmos a segurança da informação para garantir o fornecimento de serviços públicos. Nós vemos este cenário como um grande desafio, mas também uma grande oportunidade”, afirma Gomes.

Para fornecer serviços públicos digitais, o MP trabalha na implantação da Plataforma de Cidadania Digital. Instituída em dezembro pelo Decreto nº 8.936, a plataforma tem o objetivo de ampliar e simplificar o acesso dos cidadãos brasileiros aos serviços públicos. O Portal de Serviços do Governo federal (servicos.gov.br) se tornará em breve o canal único e integrado para a disponibilização de informações, solicitação eletrônica e acompanhamento de serviços públicos.

Durante sua apresentação, Gomes destacou ainda o novo perfil da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação (Setic). “A estrutura da secretaria tem agora esta missão de oferta de novos serviços estruturantes para os outros órgãos federais, como a orquestração da nuvem de governo”, exemplifica Gomes.

Recentemente, a Setic realizou uma consulta pública sobre a contratação de serviços de Computação em Nuvem pelo governo federal. A futura licitação atenderá a demanda dos mais de 200 órgãos integrantes do Sistema de Administração dos Recursos de Tecnologia da Informação (SISP).

O papel da Setic foi alterado pelo Decreto nº 9.035, de abril de 2017.