Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Nova versão do e-Ping está disponível para os órgãos públicos

Notícias

Nova versão do e-Ping está disponível para os órgãos públicos

A utilização dos padrões melhora os serviços de Governo Eletrônico

publicado: 14/12/2012 03h00 última modificação: 08/09/2016 15h42

Brasília, 14/12/2012 – Os novos Padrões de Interoperabilidade do Governo Eletrônico (e-PING) foram disponibilizados nesta sexta-feira, 14, pelo Ministério do Planejamento (MP). Com o uso do e-Ping, diferentes sistemas de Tecnologia da Informação (TI) podem trocar informações e isto pode ser feito entre órgãos de diferentes esferas governamentais e também entre empresas e países.

Para o secretário-adjunto de logística e tecnologia da informação, José Renato Corrêa de Lima, a sociedade é beneficiada quando os órgãos públicos adotam o e-PING. “A prestação de serviços eletrônicos aos cidadãos é aperfeiçoada e ampliada quando os diversos sistemas de TI se comunicam”, disse. São exemplos da aplicabilidade do e-PING a nota fiscal eletrônica, que substitui a emissão do modelo em papel, e também a certificação digital.

Entre as novidades desta nova versão está a recomendação da sexta versão do protocolo de internet (IPv6) para as redes de intercomunicação. Uma das funcionalidades do protocolo de internet é identificar, por meio de números, os usuários da rede mundial de computadores.

Hoje, a internet usa a versão 4, mas devido ao crescimento da rede, ao ponto de quase esgotar os endereços de reconhecimento dos computadores de usuários, se faz necessária esta atualização. Com o Ipv6, será possível usar a internet nos mais diversos tipos de equipamentos, como televisores, geladeiras e outras aplicações residenciais. “O intuito de recomendar este novo protocolo de internet na nova versão do e-PING é modernizar a gestão pública”, explica Lima.

O e-PING foi instituído pela portaria ministerial nº 5, de 2005, e seu uso é obrigatório nos órgãos integrantes do Sistema de Administração de Recursos de Tecnologia da Informação (SISP). Em 2013, a Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI) realizará capacitações sobre essa nova versão, que já está disponível no Portal do Governo Eletrônico.

Fonte: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.