Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Nova cidade digital no Ceará beneficiará 46 mil pessoas

Notícias

Nova cidade digital no Ceará beneficiará 46 mil pessoas

São Gonçalo do Amarante, a cerca de 60 km, de Fortaleza, recebeu um anel de fibra óptica de 13 km

publicado: 12/11/2015 03h00 última modificação: 20/04/2016 11h06

A cidade digital de São Gonçalo do Amarante, no Ceará, será inaugurada nesta sexta-feira (13). O projeto envolve um anel de fibra óptica de 13 km que interliga os órgãos públicos e conta com pontos de acesso público e gratuito à internet. O ministro das Comunicações, André Figueiredo, estará na cidade para a inauguração.

cidade_digital

O investimento foi de R$ 374 mil e vai beneficiar diretamente 46 mil pessoas. São Gonçalo do Amarante está entre os nove municípios do Ceará contemplados com a primeira fase do projeto Cidades Digitais, do governo federal. A partir da instalação da rede da cidade digital, o município expandiu para mais 21 pontos o acesso público à internet e conectou outros 125 pontos de governo, por meio de infraestrutura de rádio. Além disso, revitalizou telecentros para reforçar iniciativas de inclusão digital.

São Gonçalo do Amarante faz parte da Região Metropolitana de Fortaleza. Fica a cerca de 60 km da capital cearense. O local está entre os nove municípios cearenses contemplados na primeira fase do projeto Cidades Digitais, do Ministério das Comunicações. A segunda fase do programa incluiu mais 17 cidades digitais do Ceará. Os investimentos previstos para o Estado ultrapassam R$ 16 milhões.

O programa Cidades Digitais foi lançado em 2012 pelo Ministério das Comunicações. Desde então, contemplou 77 municípios brasileiros na primeira seleção e, no ano seguinte, ao ser incorporado pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), selecionou outras 262 localidades com menos de 50 mil habitantes. Atualmente, existem 43 cidades digitais em funcionamento em todas as regiões do País. O investimento total do projeto, para as duas fases, será de R$ 245 milhões.

O programa tem como objetivo modernizar a gestão, ampliar o acesso aos serviços públicos e promover o desenvolvimento dos municípios brasileiros por meio da tecnologia. Além do anel de fibra óptica, que interliga órgãos públicos, a rede das Cidades Digitais viabiliza a instalação de equipamentos e softwares, suporte técnico e aplicativos nas áreas de saúde, educação e gestão financeira e tributária, além de pontos gratuitos de wi-fi para a população.

Fonte: Portal Brasil.