Você está aqui: Página Inicial > Notícias > No FISL14 Ministério do Planejamento fala sobre a construção do Novo Portal do Software Público Brasileiro

Notícias

No FISL14 Ministério do Planejamento fala sobre a construção do Novo Portal do Software Público Brasileiro

publicado: 04/07/2013 01h00 última modificação: 12/05/2016 16h32

Brasília, 04/07/2013 No início da manhã do segundo dia de fisl14, o Analista de Tecnologia de Informações do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, falou sobre a criação do Novo Portal do Software Público Brasileiro (em processo de reformulação), que tem como objetivos a realização de melhorias no atendimento de serviços à sociedade, da qualidade das soluções já existentes e o aperfeiçoamento técnico da análise e da inserção de novas soluções em software público.

O Software Público Brasileiro (SPB) é um projeto coordenado pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), por meio da da SLTI (Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação), criado formalmente em 2006. O projeto introduz novos conceito e estrutura operacional para a produção de software, direcionados para aprimorar a eficiência da gestão governamental.

O SPB atualmente abriga mais de 60 soluções de software e já tem cadastrado mais de 100 mil usuários. Entre os usuários, estão ofertantes e demandantes de soluções, organizados em comunidades, criadas em torno de cada solução de software. Estes, participam de quantas comunidades desejar, podendo desempenhar diferentes papéis em cada uma delas. O modelo do SPB é baseado no processo de produção do software livre, sendo desenvolvido por uma intensa participação voluntária.

Dentre as novidades apresentadas, estão o desenvolvimento de novas páginas de software, de usuários e do ambiente dos desenvolvedores. O Ministério do Planejamento também anunciou a sincronização dos repositórios de software utilizando GIT (uma ferramenta para sincronização de arquivos), a disponibilização do ambiente nas Instituições de Ensino Superiores no AvaliaSPB, a organização da área de administração pública e atendendo às várias solicitações de usuários, o Novo Portal do SPB contará também com a adoção de mídias alternativas (vídeos com tutoriais para o uso do SPB e integração com as redes sociais).

Fonte: http://softwarelivre.org