Você está aqui: Página Inicial > Notícias > NIC.br libera código-fonte de sistema que mede qualidade da Internet

Notícias

NIC.br libera código-fonte de sistema que mede qualidade da Internet

Além de utilizar o SIMET Box em suas redes, provedores e usuários poderão sugerir melhorias

publicado: 26/05/2017 10h29 última modificação: 26/05/2017 10h29

A partir de hoje (25), provedores, programadores e usuários podem baixar e instalar o código do SIMET Box em seus roteadores. O anúncio desta liberação aconteceu durante o LACNIC 27, encontro que reúne, em Foz do Iguaçu (PR), centenas de participantes de mais de 30 países em torno de discussões sobre temas decisivos para o futuro da Internet na América Latina e Caribe. O código-fonte do SIMET Box, equipamento de medição de tráfego Internet do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), está disponível no endereço: http://simet.nic.br/simetbox.

Com a liberação do código, o NIC.br atende a uma demanda da comunidade Internet, que poderá sugerir melhorias para o sistema e novas funcionalidades. “Os provedores poderão utilizar o SIMET Box em suas redes e analisar a qualidade da conexão que está sendo entregue aos usuários onde o equipamento foi instalado. Já os programadores e usuários com conhecimentos avançados poderão usá-lo em seus roteadores, além de validar o sistema e alimentá-lo com a curadoria do NIC.br. Todos são beneficiados”, destaca Fabricio Tamusiunas, gerente de projetos do NIC.br à frente do sistema de medição.

A iniciativa permite ainda que estudantes, profissionais da área e demais interessados em software livre aprendam com a leitura do código, tirem dúvidas e acompanhem a evolução do SIMET Box desde o início. O NIC.br manterá um fórum para discussões sobre o sistema em https://github.com/simetnicbr.

“Ao promover o uso do SIMET Box, teremos mais medições e, consequentemente, maior riqueza de dados sobre a qualidade da conexão à Internet nas diferentes localidades do Brasil”, comenta Tamusiunas. Os resultados dos testes são armazenados pelo NIC.br e disponibilizados on-line por meio do Mapa de Qualidade da Internet. Com a liberação do código-fonte, os usuários continuam acessando o histórico das medições e exportação dos dados, porém devem manter-se atentos a atualizações do sistema, que serão disponibilizadas no site do SIMET.

Fonte: NIC.br