Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Nelson Barbosa assume cargo de ministro do Ministério do Planejamento

Notícias

Nelson Barbosa assume cargo de ministro do Ministério do Planejamento

publicado: 02/01/2015 03h00 última modificação: 24/06/2016 08h56

Nelson Barbosa assumiu o cargo de ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão nesta sexta-feira (2) em solenidade realizada em Brasília. Em discurso, Barbosa se comprometeu a dar continuidade às ações exitosas do ministério, ciente dos desafios e disposto a se dedicar na busca de soluções ao desenvolvimento do país e à modernização do Estado brasileiro.

Barbosa reforçou a necessidade de ajuste fiscal para retomada do crescimento. Para ele, a política fiscal expansionista como forma de aparar os efeitos da crise cumpriu um papel importante, mas atingiu seu limite. “Iniciamos uma nova fase de nosso desenvolvimento. Uma fase na qual é necessário recuperar o crescimento da economia, com elevação gradual do resultado primário e redução da inflação. Para atingir estes objetivos serão necessários alguns ajustes na política econômica. Ajustes, que, apesar de seus eventuais impactos restritivos no curto prazo, são necessários para recuperar o crescimento nos próximos quatro anos”, disse.

O novo ministro destacou que o Brasil avançou muito nos últimos anos em infraestrutura e que ainda há muito a fazer. “Nosso desafio é avaliar e viabilizar os projetos de investimento de forma justa, com foco em sua eficácia e eficiência, mas sem perder de vista que precisamos de mais infraestrutura agora”. Barbosa afirmou que buscará soluções que agilizem a realização e reduzam custos dos projetos de infraestrutura, aumentando a participação privada no seu financiamento, fortalecendo a transparência e os instrumentos de controle.

A ex-ministra do Planejamento, Miriam Belchior, fez um balanço das ações de sua gestão à frente do ministério. Segundo ela, o ministério inovou nas ações de planejamento e desenvolvimento, adotando novos conceitos e novas práticas. “A execução total do PAC 2 superou em 72% a execução do PAC 1, garantindo a conclusão de 3.800 km de rodovias, 1.100 km de ferrovias, 16 mil MW de energia, contratação de 2,750 milhões de moradias do Minha Casa, Minha Vida , entre muitos outros resultados”, como os avanços alcançados com o Regime Diferenciado de Contratações (RDC); o novo modelo do Plano Plurianual; o Fórum Interconselhos; a implantação da Central de Compras. Mencionou, ainda, as ações de regularização fundiária de áreas do Patrimônio da União; a implementação do Funpresp, dentre outros êxitos de sua gestão.

Nelson Barbosa

O novo ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, é Ph.D em Economia pela New School For Social Research (Nova Iorque) e foi secretário executivo do Ministério da Fazenda (2011-2013). Anteriormente, exerceu diversos cargos na administração federal, incluindo secretário de Acompanhamento Econômico (2007-2008) e secretário de Política Econômica no Ministério da Fazenda (2008-2010). Também foi presidente do Conselho do Banco do Brasil (2009-2013) e membro do Conselho de Administração da Vale (2011-2013). 

Suas experiências no governo incluem passagens pelo Banco Central (1994-1997), Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (2005-2006) e Ministério do Planejamento (2003). Barbosa é professor titular da Escola de Economia de São Paulo (FGV-EESP), professor adjunto do Instituto de Economia da UFRJ e pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre/FGV).    

Confira a íntegra do discurso do novo ministro do Planejamento.

Clique aqui e acesse o discurso da ex-ministra Miriam Belchior.

Fonte: Ministério do Planejamento