Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Ministério do Turismo publicará dados em formato aberto

Notícias

Ministério do Turismo publicará dados em formato aberto

Informações sobre visitas de turistas estrangeiros estarão disponíveis

O Ministério do Turismo acaba de publicar o seu Plano de Dados Abertos. Informações sobre o número de turistas estrangeiros que visitam o Brasil serão agora publicadas em formato aberto. Com isso, as pessoas poderão obter e utilizar os dados de acordo com as suas necessidades e pesquisar, por exemplo, quais destinos os turistas visitam mais, como praias ou locais de aventura, e ainda se preferem hotéis ou hostels.
publicado: 11/08/2016 16h17 última modificação: 11/08/2016 16h31
O Ministério do Turismo acaba de publicar o seu Plano de Dados Abertos. Informações sobre o número de turistas estrangeiros que visitam o Brasil serão agora publicadas em formato aberto. Com isso, as pessoas poderão obter e utilizar os dados de acordo com as suas necessidades e pesquisar, por exemplo, quais destinos os turistas visitam mais, como praias ou locais de aventura, e ainda se preferem hotéis ou hostels.
 
“O Ministério do Turismo tem trabalhado para garantir transparência à gestão e permitir que o cidadão tenha acesso amplo aos nossos dados. Fomos reconhecidos por este esforço que temos feito com dois prêmios da, na época, CGU e também pelo TCU. O interesse público sempre foi o principal balizador do nosso trabalho”, comentou o ministro interino do Turismo, Alberto Alves.
 
Os estrangeiros gastaram US$ 650 milhões no Brasil em janeiro deste ano. O valor é 14,4% maior que o mesmo mês de 2015. De acordo com o Anuário Estatístico do Ministério do Turismo, 6,3 milhões de estrangeiros desembarcaram no Brasil em 2015. Os números colocam o país como principal destino da América do Sul e segundo da América Latina, atrás apenas do México.
 
Dados Abertos
 
A publicação do PDA coloca o Ministério do Turismo dentro de uma estratégia que une esforços do governo federal, que prevê a publicação dos dados em formato aberto e o intercâmbio de dados entre órgãos e entidades da administração pública federal e as diferentes esferas da federação.
 
“Acreditamos que essa estratégia traga mais controle social e uma melhor oferta de serviços públicos para o cidadão”, explicou o secretário de Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Marcelo Pagotti. Mais informações sobre Dados Abertos podem ser acessadas na página da inciativa.

Fonte: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.