Você está aqui: Página Inicial > Notícias > MiniCom vai fortalecer projeto que recupera computadores

Notícias

MiniCom vai fortalecer projeto que recupera computadores

Grupo de trabalho vai propor política para formação de jovens e descarte de equipamentos

publicado: 19/09/2014 01h00 última modificação: 24/06/2016 08h56

O Ministério das Comunicações instituiu um grupo de trabalho para fortalecer o projeto Computadores para Inclusão, que atua na capacitação de jovens de baixa renda em Centros de Recondicionamento de Computadores (CRCs). O objetivo do grupo é propor diretrizes para a criação de uma política nacional de recondicionamento desses equipamentos.

Escolhidos por meio de chamadas públicas, o MiniCom tem convênio com cinco CRCs nas regiões metropolitanas de Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, João Pessoa e Recife. Os centros promovem oficinas e cursos que reabilitam equipamentos descartados e os doam para escolas, telecentros e bibliotecas públicas.

O diretor de Articulação e Formação do MiniCom, Cristiano Passos, explica que foram convidados para fazer parte do grupo ministérios e órgãos da Administração Federal que podem contribuir na criação de um projeto pedagógico para a formação dos jovens e em uma política para o descarte adequado de equipamentos de informática.

A ideia é convidar esses órgãos a compor o grupo, que vão, junto com os responsáveis pelos CRCs, criar recomendações para a instituição de um programa nacional de recondicionamento de computadores. O objetivo é ter normas claras para aperfeiçoar as ações já existentes e estruturar uma política de médio e longo prazo", afirma.

Além do MiniCom e dos representantes dos cinco CRCs, compõem o grupo os ministérios do Planejamento, do Meio Ambiente e de Ciência e Tecnologia, além da Presidência da República, e do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro). O grupo deve apresentar um relatório parcial em 120 dias e um relatório final em 180 dias a partir da designação dos componentes.

Fonte: Ministério das Comuicações