Você está aqui: Página Inicial > Notícias > MDS vai utilizar sistema digital para tramitar documentos

Notícias

MDS vai utilizar sistema digital para tramitar documentos

Sistema Eletrônico de Informações (SEI) agilizará andamento de processos no ministério

publicado: 28/11/2015 03h00 última modificação: 20/04/2016 11h07

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) é o 17° órgão a implantar o Sistema Eletrônico de Informações (SEI) para tramitar eletronicamente seus documentos. A partir de hoje (28), todos os procedimentos da Diretoria de Projetos Internacionais (DPI) do ministério não utilizarão mais papel em seu andamento. A implantação do SEI no órgão é uma parceria com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP).

Para o secretário-executivo do MDS, Marcelo Cardona Rocha, a implantação do SEI no órgão vai gerar uma mudança de paradigmas e cultura. “A utilização do sistema mudará nossa rotina, nos fará repensar os processos de trabalho”, disse Rocha. Durante o evento, o primeiro documento digital do MDS foi assinado. Na DPI, tramitam cerca de 300 processos por mês. Em breve, o ministério utilizará a ferramenta em todas as suas unidades.

Somente em quatro órgãos públicos, o uso da software já proporcionou uma redução de R$ 2,2 milhões aos cofres públicos na comparação entre janeiro e junho dos dois últimos anos. A utilização da ferramenta diminuiu ainda, em média, a tramitação dos documentos de 77 dias para 31 apenas no MP. Cento e dezesseis órgãos já demonstraram o interesse em aderir ao Processo Eletrônico Nacional (PEN) para utilizar o SEI.

Evolução

Para o secretário de Logística e Tecnologia da Informação, Cristiano Heckert, os órgãos que utilizam o sistema devem trabalhar coletivamente. “O sucesso do SEI no âmbito do governo federal está no trabalho colaborativo, na evolução conjunta da ferramenta para que todos os órgãos ganhem no processo de desenvolvimento do sistema”, disse.

A Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI) está trabalhando junto com o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) na oferta do SEI como um serviço. “Trabalhamos junto com o Serpro para que os órgãos não tenham que utilizar ou criar uma infraestrutura de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) para hospedar o SEI. Esta ação ainda tem o benefício de simplificar e agilizar a instalação da solução”, encerrou Heckert.

Fonte: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.