Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Mapa implanta Sistema Eletrônico de Informações em tempo recorde de quatro meses

Notícias

Mapa implanta Sistema Eletrônico de Informações em tempo recorde de quatro meses

Ferramenta dará agilidade ao trâmite de processos e reduzirá uso de papel

publicado: 19/01/2016 03h00 última modificação: 20/04/2016 10h59

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) começou a utilizar o Sistema Eletrônico de Informações (SEI), plataforma virtual de gestão e tramitação de documentos. O objetivo é dar maior agilidade às análises de processos e acabar com o estoque de papel, gerando economia de recursos públicos e eficiência na gestão.

O Mapa implantou o sistema em quatro meses, tempo recorde entre os órgãos da administração federal. O prazo foi considerado ambicioso, principalmente quando se leva em conta o volume de pessoas afetadas, cerca de 11 mil servidores em todas as unidades da federação, inclusive em portos, fronteiras, aduanas e aeroportos.

A secretária Luzenir Pereira da Costa, que trabalha na Assessoria de Comunicação Social do ministério, em Brasília, foi uma das primeiras a fazer o curso de treinamento: “A tramitação das informações é bem mais rápida. Várias pessoas têm acesso ao mesmo documento simultaneamente. ”

Outros órgãos que aderiram ao SEI já perceberam economia significativa na compra de papeis e materiais de impressão. Levantamento do Ministério da Integração mostra que, de junho a setembro de 2015, a pasta reduziu em 60% o volume comprado de resmas de papel, 40% em canetas, 66% em etiquetas e 36% em clipes.

“A modernização e a inovação do Mapa é um dos eixos da gestão da ministra Kátia Abreu e a implantação do SEI é um marco neste sentido. O sistema traz economia, transparência e agilidade aos processos, sempre visando sustentabilidade e melhor prestação de serviços à sociedade”, disse o diretor do Departamento de Gestão Estratégica, Alexandre Gedanken.

A implantação do sistema no Mapa foi oficializada por uma portaria publicada na edição de segunda-feira (18) do Diário Oficial da União, que define normas, rotinas e procedimentos de instrução do processo eletrônico.

Fonte: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.