Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Iphan utilizará sistema digital para tramitar documentos

Notícias

Iphan utilizará sistema digital para tramitar documentos

Sistema Eletrônico de Informações será implantado no órgão

publicado: 23/11/2015 03h00 última modificação: 20/04/2016 11h02

O Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) aderiu hoje (23) ao Processo Eletrônico Nacional (PEN). Ao assinar o acordo de cooperação técnica com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP), o instituto se juntou oficialmente a um grupo de 56 órgãos em fase de implantação do Sistema Eletrônico de Informações (SEI) para tramitar digitalmente os seus documentos.

sei

“Somos uma instituição que há muito tempo busca a modernização utilizando a Tecnologia da Informação como um pilar”, disse a presidente do Iphan, Jurema de Sousa Machado. Nos próximos meses, o SEI será utilizado pelas representações do instituto localizadas em todas as capitais e também nas cidades históricas espalhadas por todo o Brasil.

Para o secretário de Logística e Tecnologia da Informação do MP, Cristiano Heckert, o uso do SEI revolucionará a Administração Pública Federal e acabará com o estereótipo do servidor público atrás de pilhas de papel, além de permitir a revisão do fluxo interno dos processos. “Outra revolução do SEI será o trabalho colaborativo dos órgãos para evoluir a ferramenta. Cada órgão poderá dar a sua contribuição para deixar o sistema mais robusto e beneficiar outras entidades”, explicou Heckert.

Mais de 120 órgãos já manifestaram o interesse em aderir ao PEN. Destes, 18 já utilizam plenamente a ferramenta no andamento de seus processos.

MinC

O Ministério da Cultura (MinC) aderiu ao PEN em maio deste ano. Desde então, trabalha para implantar o SEI em seus processos. A previsão do MinC é iniciar a tramitação eletrônica até o fim deste mês.

Fonte: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.