Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Governo planeja ampliar serviços online

Notícias

Governo planeja ampliar serviços online

Ministro do Planejamento anuncia desenvolvimento de plataforma que digitalizará serviços e facilitará o acesso da população às informações

publicado: 14/11/2016 11h08 última modificação: 14/11/2016 11h08
Foto do evento Brasil 100% digital, uma parceria entre o Ministério do Planejamento e o Tribunal de Contas da União

Foto do evento Brasil 100% digital, uma parceria entre o Ministério do Planejamento e o Tribunal de Contas da União

O Governo Federal planeja digitalizar a maior parte dos seus serviços. O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP) prepara, juntamente com a Casa Civil e outros órgãos governamentais, uma plataforma que será responsável pela transposição de dados e prestação de serviços, que atualmente são feitos de forma analógica, para o ambiente digital.

A iniciativa foi anunciada nesta quinta-feira (10) pelo ministro interino do Planejamento, Dyogo Oliveira, durante a abertura do 2º Seminário Internacional Brasil 100% Digital, realizado pelo MP em parceria com o Tribunal de Contas da União (TCU) e Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Para o ministro, é necessário modernizar e aperfeiçoar o relacionamento do Estado com a sociedade e a digitalização de processos e procedimentos é essencial nesse caminho. “Vamos transformar serviços analógicos em digitais e integrar as plataformas existentes entre os diversos órgãos”, afirmou.

Na avaliação de Oliveira, o Estado ainda resiste a prestar serviços por meio da rede mundial de computadores. Segundo ele, pesquisa realizada em 2015 mostra que 67% dos órgãos públicos federais alegam impossibilidade de prestar, via internet, o serviço mais procurado pela população e acrescenta: “precisamos sair do governo burocrático para o governo inteligente”.

Primeiros passos

No esforço para melhorar a qualidade do serviço prestado e ao encontro da iniciativa conjunta com a Casa Civil e outros órgãos do governo de digitalização dos serviços governamentais, o Ministério do Planejamento já deu os primeiros passos. Esta semana foi lançado um novo portal de atendimento da Secretaria de Patrimônio da União (SPU), que oferece via internet o acesso da população a 80% dos serviços prestados pelo órgão. Assim, sem sair de casa, o cidadão poderá usufruir de 23 serviços relacionados a bens imóveis da União, a exemplo de emissão de certidões e declarações, requerimentos, emissão de Darfs, transferências de titularidades etc.

O ministro citou, ainda, o lançamento de um aplicativo que auxiliará o acompanhamento de obras federais em estados e municípios. Com a ferramenta, denominada Desenvolve Brasil, será possível verificar o andamento das obras, com localização, estágio da obra e volume investido. “Por meio dele, o cidadão poderá nos ajudar no acompanhamento e aplicação de recursos federais. Ele poderá enviar fotos, informações e até denúncias sobre as obras”, explicou Dyogo Oliveira.

Participaram da abertura do seminário o presidente do TCU, ministro Aroldo Cedraz, o presidente do TST, ministro Ives Gandra Martins Filho, e o ministro-substituto do TCU, Augusto Sherman. O seminário acontece nestas quinta e sexta-feira no auditório Ministro Arnaldo Sussekind, no TST, em Brasília.

Veja a apresentação feita pelo ministro Dyogo Oliveira

Foto: Gleice Mere/Ministério do Planejamento

Fonte: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão