Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Governo apresenta soluções inovadoras de e-GOV em encontro da ONU

Notícias

Governo apresenta soluções inovadoras de e-GOV em encontro da ONU

Encontro reúne gestores públicos para debater o futuro do setor globalmente

publicado: 29/05/2013 01h00 última modificação: 12/05/2016 16h33

Brasília, 29/05/2013 – O Brasil foi um dos quatro países escolhidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) para apresentar soluções inovadoras de Governo Eletrônico (e-GOV). O governo brasileiro será representado no encontro “Leading the Way in e-Government Development” pela secretária adjunta de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento (MP), Nazaré Bretas, que apresentará nesta quinta-feira, 30, a Política Brasileira de Dados Abertos. A conferência reúne diversos países em Helsinki, na Finlândia, para compartilhar e desenvolver ações na área e também debater o futuro do e-GOV em um âmbito global.

De acordo com Bretas, a Política Brasileira de Dados Abertos tem como objetivos fundamentais a promoção da transparência, o engajamento na participação social e o desenvolvimento de novos e melhores serviços governamentais. A principal ação dessa política é o Portal Brasileiro de Dados Abertos (dados.gov.br). O sítio brasileiro será apresentado no evento da ONU porque seu processo aberto e colaborativo de construção é referência mundial.

“Os serviços de e-GOV serão ampliados e melhorados com aplicativos desenvolvidos pela sociedade a partir de dados abertos, como o “Escola que Queremos”, exemplifica Bretas. Esta solução educacional foi criada em um evento que reuniu hackers e programadores para tornar os dados educacionais mais acessíveis para a sociedade. É um exemplo de como os dados abertos podem ser utilizados, cruzados e compartilhados livremente por qualquer pessoa.

Além de aplicativos educacionais, estão disponíveis em formato aberto no portal dados sobre o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), das Transferências Voluntárias da União e dos fornecedores do governo federal.

INDA
A secretária adjunta também apresentará no evento da ONU como a utilização da Infraestrutura Nacional de Dados Abertos (INDA) é uma forma do Brasil atender ao estabelecido em seu plano de ação na Parceria para Governo Aberto (Open Government Partnership – OGP). Fazem parte desta iniciativa internacional 56 nações e seu objetivo é difundir e incentivar globalmente práticas governamentais relacionadas à transparência dos governos, acesso à informação pública e participação social.

“A utilização da metodologia contribui para avançarmos em nosso plano na OGP, pois aumenta a troca de informações entre os sistemas do governo federal e simplifica o acesso para a sociedade”, disse Bretas.

Além do governo brasileiro, representantes da Índia, Coréia do Sul e do próprio país sede também irão apresentar suas inovações no encontro.

Fonte: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão