Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Encontro discute novas oportunidades de negócio a partir de dados governamentais

Notícias

Encontro discute novas oportunidades de negócio a partir de dados governamentais

Empresários e especialistas discutem possibilidades de gerar renda

publicado: 21/11/2013 03h00 última modificação: 12/05/2016 16h24

Brasília, 21/11/2013 – Empresas como o Google e a Amazon utilizam informações de seus usuários para gerar renda. Quando uma pessoa faz uma pesquisa no Google, por exemplo, sobre aspiradores de pó, uma série de anúncios é direcionada para aquele usuário. A questão em debate no painel “Sustentabilidade das Soluções”, promovido durante 2° Encontro Nacional de Dados Abertos, na tarde dessa quinta-feira (21), é como gerar recursos e novos modelos de negócios a partir de dados governamentais publicados em formato aberto.

Atualmente, o Portal de Dados Abertos disponibiliza uma série de dados governamentais que vão desde informações sobre as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) até a localização de unidades do Sistema único de Saúde (SUS). “Precisamos agregar valor a esses dados. Podemos propor modelos de negócio que desenvolvam os mercados locais e ainda ajudem as pessoas”, defendeu o moderador da discussão, Alexandre Gomes, representante da organização civil Transparência Hacker.

Representantes do governo federal e distrital, de organizações sem fins lucrativos, empresários e acadêmicos uniram forças para levantar modelos de negócios que possam integrar dados governamentais a necessidades dos cidadãos. Professor do departamento da Ciência da Computação e servidor da Controladoria Geral da União, Rommel Carvalho, acredita que os dados governamentais podem gerar demandas para o próprio governo federal. “Muitas vezes esses dados nos mostram fragilidades do Estado que podem ser excelentes oportunidades de negócio”, defendeu.

Possibilidades

Apesar de ser formado por um público heterogêneo, os presentes foram unânimes em propor que a questão de dados abertos ultrapasse a barreira da simples publicação e passe ao patamar de digestão das informações. “Quando o governo publica os dados, ele passa a bola para a sociedade. Os aplicativos que temos desenvolvido muitas vezes só servem para o entendimento desses dados, mas podemos fazer melhor”, instigou Alexandre Gomes.

Concurso

A produção de aplicativos úteis e que possam gerar renda e desenvolvimento é o grande objetivo do Primeiro Concurso Nacional de Dados Abertos. A premiação, que integra as atividades do Encontro Nacional, será feita na manhã da sexta-feira, dia 22. Serão premiadas soluções que foram desenvolvidas a partir de dados governamentais. Os vencedores receberão computadores e celulares.

Continue acompanhando as novidades do 2° Encontro Nacional de Dados Abertos na página do evento.

Fonte: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.