Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Dados Abertos: número de usuários dobrou em 2014

Notícias

Dados Abertos: número de usuários dobrou em 2014

Público jovem é quem mais acessa

publicado: 06/03/2015 02h00 última modificação: 12/05/2016 15h19

Em 2014, o número de usuários do portal de Dados Abertos do Governo Federal dobrou. Foram 451 mil usuários únicos, mais que o dobro dos 213 mil que acessaram o sítio em 2013. Um balanço preliminar sobre o uso do portal revela ainda que a maior parte do público é masculino, 54, 15%, e que a maioria do público é jovem, 51% possui entre 18 e 34 anos.

Atrair o público jovem é essencial para a política de dados abertos no Brasil. De acordo com o secretário de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Cristiano Heckert, a intenção é que a sociedade civil especializada seja parceira do projeto. “Um dado em formato aberto permite inúmeros usos e leituras sobre o andamento das políticas públicas do país. É uma oportunidade para programadores e pessoas ligadas à área de tecnologia da informação construírem softwares e aplicativos que gerem novos conhecimentos a partir dos dados publicados”, explicou. 

Entre os itens mais acessados, em 2014, estão os dados do Portal de Convênios do Governo Federal, o Siconv, informações sobre as rodovias brasileiras disponibilizadas pela Polícia Rodoviária Federal e também sobre as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). 

Desafios – Em 2015, os desafios incluem os órgãos públicos e a sociedade civil especializada. No caso do governo, a intenção é que um número maior de órgãos públicos elaborem seus Planos de Dados Abertos (PDA). Os documentos são guias para a publicação de dados em formato aberto e trazem uma previsão das informações que serão disponibilizadas. 

O segundo desafio é continuar a atrair o público especializado para que eles possam “empreender, inclusive por meio de startups”, afirmou Heckert. “O cruzamento de dados abertos permite o desenvolvimento de aplicativos que demonstrem ao cidadão, por exemplo, quais linhas de ônibus fazem determinado trajeto” revelou o secretário. 

Mais informações sobre a iniciativa, assim como sobre as informações e aplicativos disponíveis podem ser acessadas no Portal de Dados Abertos. 

Fonte: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.