Você está aqui: Página Inicial > Notícias > CPqD desenvolve aplicativos de governo eletrônico para TV digital

Notícias

CPqD desenvolve aplicativos de governo eletrônico para TV digital

O acesso poderá ser por meio da TV terrestre, via IPTV, TV a cabo e dispositivos móveis em geral.

publicado: 01/02/2011 11h55 última modificação: 27/07/2016 14h58

Os primeiros aplicativos para TV digital interativa estão saindo dos laboratórios do CPqD. Eles foram desenvolvidos como parte do Projeto Serviços Multiplataforma de TV Interativa (SMTVI), que conta com recursos do Funttel (Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações) e tem o objetivo de oferecer serviços eletrônicos por meio do aparelho de TV –  um veículo de comunicação bastante popular no Brasil. Com a oferta desses serviços na TV, a intenção é estimular o seu uso por pessoas não familiarizadas com as Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) e derrubar eventuais barreiras que a linguagem digital ainda encontra para se popularizar – além de promover, efetivamente, melhorias na qualidade de vida do cidadão. 

 
Entre os aplicativos desenvolvidos pelo CPqD, destacam-se serviços de governo eletrônico, como o Inclua Saúde, para a marcação de consultas médicas em postos públicos, o Previdência Fácil, para acesso a informações da Previdência Social, e o Procura Emprego, para a divulgação de oportunidades de emprego pela TV. O pacote de serviços eletrônicos inclui ainda conteúdo sob demanda (ou T-cod), a troca de mensagens pela TV e o acesso a informações meteorológicas e notícias. Além disso, engloba o T-learning, com foco na alfabetização e no ensino profissionalizante, o T-commerce e o T-games, para a compra de produtos e os jogos (respectivamente) via controle remoto da TV digital. 
  
Para ter acesso a essas aplicações e serviços, é necessário que a pessoa tenha o decodificador (set top box) de TV digital acoplado ao aparelho de TV, ou um televisor com o decodificador interno. Se tiver um canal de retorno, o usuário poderá enviar informações para os serviços (upload). Esse canal pode ser baseado em qualquer tecnologia de telecomunicações, como modem ADSL, ou sem-fio. Como os serviços são multiplataforma, será possível acessá-los não só por meio da TV terrestre mas também via IPTV, TV a cabo e dispositivos móveis em geral.

Fonte: Wireless Mundi