Você está aqui: Página Inicial > Notícias > CGI.br divulga resultados da pesquisa TIC Educação 2012

Notícias

CGI.br divulga resultados da pesquisa TIC Educação 2012

Levantamento mostra o uso de computadores e Internet nas escolas brasileiras

publicado: 23/05/2013 01h00 última modificação: 12/05/2016 16h34

Brasília, 23/5/2013 - O Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) divulga os resultados da terceira edição da pesquisa TIC Educação, produzida pelo Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), por meio de seu Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (CETIC.br).

A amostra da pesquisa foi composta por 856 escolas públicas e privadas do Brasil, selecionadas a partir do Censo Escolar do MEC/INEP 2011. Foram entrevistados professores de português e matemática, alunos do Ensino Fundamental I, Ensino Fundamental II e Ensino Médio, coordenadores pedagógicos e diretores. Confira alguns destaques da Pesquisa TIC Educação 2012:

Uso do computador e Internet nas escolas brasileiras
Apesar dos avanços na infraestrutura tecnológica das escolas brasileiras, o uso pedagógico do computador e Internet em atividades com os alunos deve ser um ponto de atenção nas políticas públicas de incorporação das tecnologias de informação e comunicação (TIC) no ambiente escolar.

  • A sala de aula – local que concentra a rotina dos alunos na escola – ainda não incorporou plenamente o uso das TIC.
  • Em 2012, a sala de aula se destacou como local de acesso de uso mais frequente de computador e Internet entre os professores de escolas públicas que utilizam computadores em suas atividades.
  • Ensinar os alunos a usar o computador e a Internet é a atividade que conta com o maior uso de TIC, mas ocorre de forma mais esporádica.

Perfil do Professor
Os dados da Pesquisa TIC Educação 2012 mostram um professor cada vez mais conectado às oportunidades oferecidas pela Internet, contando com um amplo acesso ao computador e à Internet em proporções superiores à média da população em geral.

  • A presença de computador e Internet no domicílio do professor está próxima da universalização
  • A mobilidade se destaca entre os docentes: cresce a posse de computadores portáteis entre os professores de escolas públicas.
  • A maioria dos professores busca apoio para desenvolver suas habilidades no uso do computador e da Internet por meio de contatos informais com outros educadores.

Perfil do aluno
O acesso às TIC por parte dos estudantes das escolas públicas e privadas também acompanhou o crescimento verificado na população em geral.

  • É maior a presença de computador e Internet nos domicílios dos alunos. Entre os alunos das escolas públicas, 62% possuem computador em seus domicílios.
  • Houve crescimento dos alunos que fazem uso da Internet pelo celular (44% entre alunos do ensino público e 54% no ensino privado).
  • É crescente a proporção de alunos que declaram ter aprendido a usar o computador e/ou a Internet sozinhos. Pela primeira vez, desde 2010, a forma de aprendizado mais citada foi “aprendeu sozinho”.

Infraestrutura de TIC nas escolas
Do ponto de vista da infraestrutura, as escolas brasileiras registraram maior incorporação de computadores portáteis – o que aponta para um caminho de uso das TIC para além das atividades de gestão escolar ou do uso vinculado aos laboratórios de informática. A quantidade de equipamentos em funcionamento, contudo, ainda se apresenta como um fator limitador deste uso.

  • Cresce a presença de computadores portáteis nas escolas públicas.
  • A Internet está presente na grande maioria das escolas públicas, mas a velocidade ainda se mostra como uma limitação importante de acordo com diretores, coordenadores pedagógicos e professores.
  • O número de equipamentos disponíveis por aluno também se revela como uma importante limitação para o uso efetivo do computador e Internet nas atividades escolares.

Os resultados completos da pesquisa TIC Educação 2012 estão disponíveis em http://www.cetic.br/.

Fonte: NIC.br - Núcleo de Informação e Coordenação - imprensa@nic.br.