Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Administração Federal inicia primeira Pós-Graduação em Governo Eletrônico

Notícias

Administração Federal inicia primeira Pós-Graduação em Governo Eletrônico

publicado: 17/06/2011 15h45 última modificação: 20/04/2016 09h49

Brasília, 17/06/2011 - Servidores de vários órgãos iniciam na próxima semana as aulas do primeiro curso de pós-graduação em governo eletrônico realizado pela Administração Pública Federal. Na próxima segunda-feira, a Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento (SLTI/MP) participa às 14h, no auditório do Serpro, da sessão de abertura dos estudos.

O objetivo dessa especialização é aprofundar as discussões sobre as teorias emergentes no campo das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs), para aplicação de novas práticas na administração pública. De acordo com o Departamento de Governo Eletrônico (DGE/SLTI), trata-se de uma proposta que vai ao encontro das necessidades do Governo Federal, como treinamento e benchmarking com outros países sobre o tema.

A turma é composta por 35 alunos, que foram selecionados no início do ano. Seis deles são analistas de TI do MP. O servidor do DGE, Ivan Garritano, busca visão mais estratégica de governo eletrônico. “É importante conhecer o estado da arte desse assunto para compreender melhor os aspectos multidisciplinares, técnicos e sociais envolvidos”, explica. O analista Carlos Eduardo Espíndola também está com muita expectativa. “Quero entender os conceitos sobre administração, economia e orçamento voltado ao governo eletrônico, e o uso das TICs no aprimoramento da máquina pública”, diz.

A pós-graduação é resultado de parceria entre a Universidade Corporativa do Serpro (UniSerpro) e a Escola Superior de Administração Fazendária (ESAF). Desde o início do projeto, a SLTI foi um dos colaboradores na construção e desenvolvimento da ementa e dos conteúdos. “Com isso, estimulamos os nossos técnicos que participaram da seleção”, diz o diretor do DGE, João Batista Ferri.

Fonte: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão