Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Saúde é pasta que mais compra em 2013

Notícias

Saúde é pasta que mais compra em 2013

Artigos para uso médico e dentários são itens que mais movimentam recursos

publicado: 16/09/2013 01h00 última modificação: 10/03/2017 14h41

Brasília, 16/9/2013 - Nos seis primeiros meses de 2013, o Governo Federal movimentou R$ 4,3 bilhões para a compra de equipamentos e artigos para uso médico e dentário. A aquisição foi a de maior vulto este ano, respondendo por 34,8% das compras de bens realizadas pela administração pública direta, autárquica e fundacional. Os dados foram levantados a partir do balanço dos seis primeiros meses do Comprasnet, o Portal de Compras e Contratações de serviços do Governo Federal.

Em relação às contratações de serviços, os serviços de engenharia são os mais contratados nesses seis primeiros meses de 2013, movimentando R$ 1,9 bilhão, o que responde por 14,2% de todas as contratações. Do total licitado esse ano, 48% (R$ 12,4 bilhões) foram para aquisição de bens e 52% (R$ 13,1 bilhões) de serviços.

O Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos do Rio de Janeiro, órgão vinculado ao Ministério da Saúde, comprou vacinas para uso humano, por exemplo. O valor total homologado para a operação é de R$ 80 milhões. Em 2012, o valor gasto com as compras governamentais foi o mais alto já registrado. Este dado que revela a possibilidade de utilizar o Portal de Compras do Governo Federal (Comprasnet) como uma ferramenta de medição da política de incentivo de diversos setores da economia, como Micro e Pequenas Empresas (MPE).

"Sabemos que os recursos do Governo Federal são importantíssimos para movimentar a economia brasileira e trabalhamos para fazer isso da melhor maneira possível", destacou Loreni Foresti, secretária de logística e tecnologia da informação do Ministério do Planejamento.

Mais informações sobre as compras governamentais nesse primeiro semestre de 2013 podem ser acessadas nas seguintes matérias.

Fonte: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão