Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Planejamento faz palestra para alunos do IFB utilizando o Jogo de Acessibilidade Digital

Notícias

Planejamento faz palestra para alunos do IFB utilizando o Jogo de Acessibilidade Digital

Estudantes de Tecnologia da Informação do Instituto Federal de Brasília – campus Taguatinga conheceram, na tarde de sexta (8), a importância da implementação da acessibilidade em páginas da Web.

publicado: 11/05/2015 01h00 última modificação: 10/03/2017 14h53

O encontro fez parte da Semana da Computação – Scomp 2015 promovida pelo Instituto. Com o tema “Acessibilidade pode ser um jogo divertido”, a Coordenadora-geral de Normas e Padrões de Governo Eletrônico Fernanda Lobato, do Ministério do Planejamento, disse que a internet dá autonomia principalmente às pessoas com deficiência, já que podem trabalhar, estudar, fazer compras, entre outros benefícios, sem a necessidade de saírem de casa.

Durante a apresentação, Lobato frisou que as pessoas com deficiência deparam-se com barreiras que dificultam ou impossibilitam o acesso aos conteúdos e páginas da web, embora a falta de acessibilidade atinja a todos. Muitas pessoas encontram dificuldades relacionadas à navegação e usabilidade, como páginas pesadas, captchas, links não escritos adequadamente. Muitas pessoas também não acessam por outras limitações, como conexão de internet mais lenta, que ocorre em lugares afastados dos grandes centros urbanos, ou mesmo as pessoas que tem computador, mas pouco conhecimento e habilidade com a Internet.

Em sua fala, Fernanda citou o Modelo de Acessibilidade em Governo Eletrônico (eMAG), documento criado pelo governo federal, que consiste em um conjunto de recomendações a ser considerado para que o processo de acessibilidade dos sítios e portais do governo brasileiro seja conduzido de forma padronizada e de fácil implementação.

Após a palestra, os alunos participaram do Jogo de Acessibilidade Digital e ficaram conhecendo os erros mais comuns, como os scripts funcionando apenas com o mouse, o leiaute em tabela, e as respectivas soluções para corrigi-los.