Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Obras de engenharia civil foram as mais contratadas pelo governo em 2012

Notícias

Obras de engenharia civil foram as mais contratadas pelo governo em 2012

Dados do Comprasnet revelam investimento em infraestrutura

publicado: 08/02/2013 03h00 última modificação: 09/03/2017 15h10

Brasília, 8/2/2013 - As aquisições do governo federal se dividem em produtos e serviços. Em 2012, os serviços gerais de construção para obras de engenharia civil foram os mais contratados pela União. Foram gastos nessas aquisições cerca de R$ 7,3 bilhões, valor que corresponde a 29% do total dessas compras governamentais. Já em relação aos produtos, os itens mais adquiridos foram os do grupo de veículos, que movimentaram 5,5 bilhões. Do total licitado nesse ano, R$ 23,3 bilhões foram para a aquisição de bens e R$ 24,9 bilhões para a contratação de serviços. Os dados são do Portal de Compras do Governo Federal (Comprasnet) e foram divulgados nesta quinta-feira, 7, pelo Ministério do Planejamento (MP).

É um exemplo da contratação de serviços a licitação para a execução de melhorias de capacidade e também de duplicação na BR-116, na divisa entre Santa Catarina (SC) e o Rio Grande do Sul (RS). A obra do Ministério dos Transportes (MT) custou aos cofres públicos em torno de R$ 868 milhões.

Já o processo licitatório para a construção de sistemas de abastecimento de água na Bahia (BA), realizado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), é outro exemplo deste tipo de contratação. Para a realização desta obra, o ministério teve um gasto de R$ 4,57 milhões em serviços de engenharia.

Na opinião do secretário de logística e tecnologia da informação, Delfino Natal de Souza, as contratações demonstram o quanto o governo federal está investindo em infraestrutura. "Esses dados do Comprasnet revelam a preocupação em melhorar a qualidade de vida dos cidadãos brasileiros ao incentivar o desenvolvimento regional", disse.

Produtos

Em relação aos bens comprados pelo governo federal em 2012, os produtos mais adquiridos foram caminhões, micro-ônibus e ambulâncias. Estas aquisições representaram 24% do total das licitações de produtos. Dessas compras, podemos destacar as aquisições de caminhões pelo Ministério da Defesa, ambulâncias pelo Ministério da Saúde e ainda os micro-ônibus adquiridos pelo Ministério da Justiça. São veículos a serem utilizados para a segurança nacional, pelo Samu e também para atender as necessidades da defesa civil nos grandes eventos, como a Copa do Mundo do próximo ano.

Em 2012, as compras governamentais movimentaram R$ 72,6 bilhões na aquisição de bens e serviços por meio de 231,8 mil processos. Este número leva em consideração todas as modalidades de contratação.

Fonte: Ministério do Planejamento, Orçamento e gestão.