Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Cetic.br aprimora análise de pesquisas com portal de visualização de dados

Notícias

Cetic.br aprimora análise de pesquisas com portal de visualização de dados

Indicadores Cetic.br

publicado: 09/07/2015 01h00 última modificação: 10/03/2017 15h03

A maior base de dados sobre o acesso e uso das Tecnologias de Informação e Comunicação no Brasil ganhou hoje uma visualização mais fácil e interativa. Trata-se do Portal de Visualização de Dados, novo site do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR. Com o portal, os indicadores de todas as pesquisas realizadas, desde 2005, podem ser visualizados por meio de gráficos, mapas, tabelas, e os dados podem ser analisados a partir de inúmeras de possibilidades de leituras pelas diferentes variáveis de cruzamento.

Essas bases de dados contêm estatísticas sobre uso e acesso das TICs nos domicílios, empresas, estabelecimentos de saúde, escolas, organizações sem fins lucrativos, governo e centros públicos de acesso. “Anteriormente, os dados estavam disponíveis em nosso sítio de forma isolada e estática, cada indicador era isolado dos demais. Hoje, o usuário pode refinar a busca e extrair rapidamente a informação que é mais interessante para ele”, explicou Alexandre Barbosa, gerente do Cetic.br. “Isso permite, por exemplo, que gestores públicos, pesquisadores, acadêmicos, profissionais da indústria de tecnologia e produtores de conteúdo utilizem esses dados de forma estratégica em suas áreas respectivas de atuação”, complementou. Para exemplificar o uso do portal, o Cetic.br disponibilizou um vídeo que detalha, de maneira didática, os principais recursos disponíveis. É possível, por exemplo, observar a evolução de um indicador ao longo do tempo por meio da série histórica, comparar indicadores diferentes de uma mesma pesquisa, cruzar dados e identificar novos agrupamentos, além de visualizar todas as informações de um indicador na categoria escolhida. O novo portal também possui a opção de exportar os resultados em diferentes formatos e compartilhar dados nas redes sociais. Ao optar por um indicador, o usuário pode investigar subcategorias, como por faixa etária, sexo, classe social e região etc. Com isso, poderá observar a partir de dados da TIC Domicílios, que atualmente a classe A utiliza mais o celular para consultar mapas do que jogar, enquanto a classe C usa mais o aparelho para se divertir do que se localizar. Ou que, a partir dos indicadores da TIC Kids Online Brasil, as crianças possuem uma percepção maior sobre os riscos da Internet do que os pais. Fonte: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.