Você está aqui: Página Inicial > Eixos de Atuação > Governo > Software Livre > Guia Livre

Guia Livre

por Catia publicado 30/05/2016 15h01, última modificação 08/07/2016 14h32

Para facilitar o processo de migração nos diferentes órgãos, o Ministério do Planejamento coordenou, junto a 28 órgãos federais, a construção do Guia Livre - Referência de Migração para Software Livre. O documento, publicado em espanhol e português, traz dicas para a elaboração de planos de migração, relatos de experiências bem sucedidas no Governo Federal, entre outros.

A publicação contou com a colaboração de especialistas na área e da Comunidade Brasileira de Software Livre, além da participação da sociedade por meio de consultas e audiências públicas.

Esta versão conjuga a publicação de várias contribuições da sociedade encaminhadas por meio do sítio do Governo Eletrônico, além das apresentadas nas Audiências Públicas realizadas em Salvador, Brasília, Belo Horizonte, Curitiba, Recife e Rio de Janeiro.

Foram acrescentadas mais de 70 páginas, com inclusões de ferramentas livres de Georeferenciamento, Webmail, Gerência de Projetos entre outras, além das experiências do SERPRO e novos relatos do Ministério do Desenvolvimento Agrário.

387banner_guia.gif

1197banner_plano_migracao.gif

Guia de Cluster

As diretrizes apresentadas neste trabalho foram objeto de estudo do grupo de trabalho Migração para Software Livre do Governo Federal, com participação da comunidade Software Livre Brasileira, na intenção de construir um guia cujo respaldo alcançasse também qualquer entidade interessada em promover equivalentes projetos de migração.

Os objetivos destas diretrizes são:

1. Ajudar os Administradores a definir uma estratégia para migração planejada e gerenciada.

2. Descrever, em termos técnicos amplos, como pode ser realizada tal migração. As diretrizes pretendem ter um uso prático para Administradores e portanto, devem ser relevantes e precisas, além de acessíveis e compreensíveis. Este não é um manual de referências técnicas detalhadas. A estrutura pretende tornar possível e facilitar as mudanças à proporção em que os administradores adquiram experiência, tenham segurança e os produtos disponíveis atendam suas necessidades.

3. Orientar o conjunto de diretrizes e definições deste Guia aos Padrões de Interoperabilidade do Governo Brasileiro (e-PING), cujas informações detalhadas podem ser obtidas na página da ePING.

4. Criar condições para um maior detalhamento técnico destas migrações na página do governo federal do software livre: http://www.softwarelivre.gov.br.

Para alcançar esses objetivos, é imperativo que o conteúdo seja mantido atualizado e que quaisquer imprecisões sejam removidas. Para isto, os leitores são encorajados a tecer comentários e contribuições a qualquer item das diretrizes.

Participe! Aqui você poderá fazer suas colaborações ao trabalho.