INFOVIA - Serviços Básicos

por Catia Parreira publicado 29/06/2016 14h51, última modificação 16/06/2017 12h01

Compreende as condições técnicas e de serviços mínimos para viabilizar a conexão da rede local de um órgão participante à rede ótica INFOVIA Brasília.

1. Serviço de Conexão Básica:

O Serviço de Conexão refere-se aos procedimentos de conectividade de determinado órgão à rede metropolitana INFOVIA Brasília. Esse serviço inicia-se com a avaliação de viabilidade técnica para ativação da conexão e compreende todas as demais fases até a sua efetivação, incluindo a configuração dos ativos de rede, o suporte e o gerenciamento da rede. O Serviço de Conexão encontra-se disponível nas seguintes modalidades:

1.1 Conexão TIPO 1

Consiste na conexão da rede local do órgão à rede óptica INFOVIA Brasília, com contingência física de fibras, utilizando 1 (um) switch de acesso, podendo contemplar um ou mais órgãos na mesma localidade. Destacando-se que cada órgão que seja usuário da conexão no mesmo prédio será considerado uma conexão do tipo 1 individualmente.

Figura 1- Topologia INFOVIA com Conexão Tipo 1.

 

1.2. Conexão TIPO 2

Consiste na conexão da rede local do órgão à rede óptica INFOVIA Brasília, sem redundância física de fibra, utilizando uma infraestrutura ótica que termina em 1 (um) DIO no ambiente do órgão contratante para fazer a interligação com o switch da INFOVIA (conexões Tipo 1 ou 3 ou 4 ou 5), localizado em outra edificação próxima ao endereço do órgão contratante, em que haja disponibilidade de um ativo de rede da INFOVIA.

Para esse serviço, em função da ausência de redundância física de fibra óptica, a disponibilidade mínima mensal do acesso será de 99,00% (noventa e nove por cento).

Desenho da conexão entre a Localidade A e Localidade B e Infovia

Figura 2 - Topologia INFOVIA com Conexão Tipo 2.


1.3 Conexão TIPO 3

Consiste na conexão da rede local do órgão à rede óptica INFOVIA Brasília, com contingência física de fibras e abordagem dupla, utilizando 2 (dois) switches de acesso, um ligado em cada uplink de fibra, viabilizando redundância também de equipamento de acesso. Destacando-se que cada órgão usuário da conexão no mesmo prédio será considerado uma conexão tipo 3 individualmente.

Desenho da conexão tipo 3: ligação entre computadores, switches e infovia.

Figura 3 - Topologia INFOVIA com Conexão Tipo 3.


1.4 Conexão TIPO 4

Consiste na conexão da rede local do órgão ou entidade à rede INFOVIA Brasília, com contingência física de fibras, utilizando 1 (um) switch de acesso. Destaca-se que o órgão ou entidade usuário da conexão possuirá uma conexão Tipo 4 de até 10Gbps no link principal e outra de até 1Gbps para link redundante.

Esse serviço poderá ser contratado de duas formas. A primeira delas na forma de concentração em que uma localidade centraliza o tráfego de outras localidades de seu interesse cuja a soma total dos tráfegos remotos seja superior a 1 Gbps. Nesse caso, a localidade que concentrar o tráfego será considerada conexão TIPO 4. A segunda forma destina-se a atender necessidades de banda superiores a 1 Gbps como, por exemplo, para o serviço de Internet. Nesse caso, o órgão ou entidade contratante do serviço deve obrigatoriamente possuir serviço de conexão TIPO 4.

Figura 4 - Topologia INFOVIA com Conexão Tipo 4.


1.5 Conexão TIPO 5

Consiste na conexão da rede local do órgão ou entidade à rede INFOVIA Brasília, com contingência física de fibras, utilizando um switch de acesso. Esse serviço contempla duas localidades, definidas pelo órgão ou entidade contratante, conectadas a 10 Gbps pelo link principal e a 1 Gbps pelo link redundante. Trata-se de um link do tipo LAN-to-LAN a 10 Gbps entre duas localidades pré-estabelecidas para o link principal.

CONEXÃO TIPO 5

Figura 5 - Topologia INFOVIA com Conexão Tipo 5.

 

1.6 Quadro Comparativo dos Serviços

CARACTERÍSTICA

TIPO 1

TIPO 2

TIPO 3

TIPO 4

TIPO 5

Fibra de acesso redundante

 

Switch de Acesso Redundante

Quantidade de VLANs básicas

15

15

15

25

25

Gerenciamento da Rede

Atendimento Técnico 24h x 7d

Relatórios Gerenciais

Velocidade / Banda da

Conexão

1Gbps

1Gbps

1Gbps

10 Gbps

10 Gbps LAN-to-LAN

Tabela - Características dos tipos de conexões da INFOVIA.

 

2. Telefonia Corporativa do Governo Federal

Compreende os serviços de integração de sistemas de telefonia utilizando a infraestrutura instalada da INFOVIA Brasília. Este serviço segue as melhores práticas e tendências do mercado de comunicação multimídia, incluindo sua implementação no padrão SIP, a fim de garantir a interoperabilidade com outras soluções Voz sobre IP (VoIP), bem como a perfeita adoção dos padrões definidos pela e-PING. Uma outra vantagem é a segurança dos dados trafegados que estarão restritos à rede INFOVIA Brasília.O serviço de voz é opcional e sem custo para o órgão participante. Entretanto, a infraestrutura e os equipamentos necessários são de responsabilidade do próprio órgão participante, ou seja, para utilização do serviço, caso o órgão possua rede de voz local em TDM, este deverá adquirir um equipamento do tipo gateway de voz nos padrões definidos pelo MP e pelo SERPRO. Caso o órgão possua a rede de voz em IP, este deverá disponibilizar uma porta IP de algum equipamento próprio. É de responsabilidade ainda do órgão a construção ou adequação da infraestrutura de cabeamento e suporte.

 

3. Banda de Acesso à Aplicações Web - Sistemas Estruturantes

Para os órgãos que não contratarem o Serviço Adicional de Internet, o SERPRO fornecerá uma banda de Internet de 4 Mbps para que o órgão tenha acesso aos sistemas estruturantes via Web. Tal banda deverá ser utilizada apenas para esse fim. O provimento desse serviço será feito nas mesmas condições do fornecimento de Internet, sem a disponibilização de endereço público de IP. Caso o órgão contratante adquira o serviço adicional de Internet, esta banda de acesso às aplicações Web não será somada a banda total contratada como serviço adicional.

Outras informações podem ser obtidas no modelo de negócios da INFOVIA.