FACIN

por Catia Parreira publicado 08/11/2016 10h45, última modificação 07/08/2017 16h43

O FACIN esteve em consulta pública no período de 08/11 a 09/12/2016 e os documentos dos Modelos de Referência receberam contribuições no Participa.br.

O Framework de Arquitetura Corporativa para Interoperabilidade no Apoio à Governança (FACIN) tem por objetivo construir uma visão consistente dos modelos de representação das capacidades de cada organização governamental. Por meio do estabelecimento da Arquitetura Corporativa e de padrões de interoperabilidade,  o FACIN apoiará a Estratégia de Governança Digital Brasileira (EGD), ampliando a colaboração entre as organizações do Governo Federal e melhorando a eficiência dos serviços de governo eletrônico para a sociedade (cidadãos, governos, organizações e empresas). Como padrão, incorporado à Arquitetura ePING de Interoperabilidade, o FACIN atuará como uma referência para os diversos órgãos da Administração Pública Federal (APF).
 
Para atender seu objetivo, o FACIN define uma estrutura de elementos relacionados que descrevem modelos genéricos para representação das organizações da administração pública. Por meio do uso desses elementos, é explicitada a forma de integração entre as organizações para o atendimento aos objetivos, definidos em seus respectivos planos estratégicos, que suportem os objetivos definidos na Estratégia de Governança Digital (EGD). Esta arquitetura, ao fomentar o alinhamento intra e inter organizacional,  também propiciará uma base para a evolução contínua de métodos, processos, e boas práticas para maior eficiência dos negócios da administração pública, elevação da transparência e melhor oferta de serviços públicos.
 

O FACIN contempla nove visões, conforme diagrama abaixo.

Visão Unificada

 As nove visões são detalhadas e integradas nas quatro partes que compõe o framework:

  • Modelo de Referência: descreve diretrizes, base normativa, padrões e melhores práticas para as 9 visões do FACIN, que deverão ser observadas pelas Organizações no desenvolvimento de suas Arquiteturas Corporativas;
  • Framework de Conteúdo: descreve a estrutura dos elementos do FACIN, de forma a unificar a representação das Arquiteturas Corporativas desenvolvidas pelas organizações, com foco na integração e construção da visão de governo como um todo;
  • Método de Desenvolvimento da Arquitetura: descreve um guia para as organizações desenvolverem e implementarem seus modelos alinhados ao FACIN; e
  • Arquitetura de Governança: descreve os mecanismos de controle e monitoramento para desenvolvimento das Arquiteturas Corporativas, visando estruturar recursos e competências necessárias para o desenvolvimento das capacidades destas mesmas as Arquiteturas.
 
O FACIN também pode ser acompanhado nas páginas do Facebook e do LinkedIn:
https://www.facebook.com/governancaeinteroperabilidade/